Torneio Internacional de Lançamentos em Leiria

  •  

O Juventude Vidigalense mostrou, uma vez mais, a sua capacidade organizativa oferecendo a clubes e atletas um torneio internacional de lançamentos, na tarde do passado domingo. Foi a 25ª edição deste prestigiado torneio, que tem contado com a participação de alguns estrageiros de grande nível e dos melhores lançadores portugueses. A localização do Centro Nacional de Lançamentos, permite que a ponte Euro’2004 possa servir de bancada para os leirienses, que assim podem ainda melhorar a sua cultura desportiva.
Nesta altura da época não é possível termos uma participação de jovens que traduza a realidade atual dos lançamentos no distrito de Leiria, mesmo assim registamos a participação de Márcia Maketa, Vera Goucha, Francisco Calhau, Rúben Santos e João Santos, todos pelo clube organizador e de Leonor Belchior do Arneirense. Destaque para as revelações de: Leonor, que mesmo sem sapatos de rotação, arremessou o martelo a 42,54m mas mostrou estar a valer mais; Ruben Santos (JV), com apenas um pouco mais que um par de meses de atletismo alcançou a marca de 43,82m no disco. Márcia Maketa e Francisco Calhau confirmaram a qualidade que têm vindo a evidenciar com excelentes marcas, quer no martelo quer no disco. A maioria dos atletas Iniciados do distrito bateram as suas melhores marcas pessoais: Vejamos as participações dos atletas dos clubes da ADAL: Márcia Maketa (46,53 metros, 2ª no martelo e 44,46m com o disco), Vera Goucha (28,30 no dardo e 10,84m no peso), Leonor Belchior (42,54m no martelo), Francisco Calhau (44,54m no disco e 52,40m no martelo), Ruben Santos (37,82m no martelo e 43,82m no disco), João Santos (36,94m no dardo).
Hoje damos ainda ênfase ao trabalho dos treinadores. Neste XXV Torneio de Lançamentos, os treinadores do distrito de Leiria, Alexandre Cardeira e Júlio Vieira, ambos do Arneirense e Diogo Correia (JV), expressaram, através dos seus atletas, o excelente trabalho que têm vindo a desenvolver em prol destes jovens, dos seus clubes e do atletismo distrital. São “apenas” três exemplos do excelente grupo de treinadores de lançamentos de jovens que existem no distrito. Se não fosse uma época atípica a lista era bem mais extensa.
Nos escalões a partir de juvenis registamos significativa participação da Juventude Vidigalense: Inês Florêncio (44,19m no martelo de 4 kg); Diogo Baptista (53,99m) e Rafael Costa (44,64m), ambos com o dardo de 800 gramas; Carlos Malaquias (49,30m com o martelo de 7,26 kg); João Domingues (12,29m e 5º) e Kevin Ferreira (9,70m e 6º), ambos com o peso de 7,26 kg; João foi ainda 9º no disco com 40,82m; Raquel Gomes (6ª 39,57m) e Camila Carreira (7ª com 36,78m) ambas com o disco de 1 kg, Camila arremessou ainda o peso a 10,15 metros, sendo 7ª; Carolina Caseiro (33,81m com o dardo de 600 gramas, 4ª; Marco Pons (52,63m 6º no disco de 2 kg), Inês Carreira (12,70m 6ª com o peso de 4kg); Daniel Santiago (16,11m no peso e 3º)
Registo da participação de atletas leirienses que treinam no Centro Nacional de Lançamentos, mas representam outros clubes: Auriol Dongmo (SCP - 18,42m no peso, 1ª); Eliana Bandeira (SLB – 16,49m no peso, 5ª e 45,29m no disco, 3ª); Irina Rodrigues (SCP – 1ª no disco a 62,86m); Rúben Antunes (SCP – 1º no martelo com 67,83m); Vânia Silva (SCP – 2ª no martelo a
Mais algumas evidências deste torneio, disputado em condições diferentes do habitual:
• Presença da Líder Mundial de 2020 no lançamento do peso e que bateu o record dos campeonatos, Auriol Dongmo, pelo Sporting Clube de Portugal, com 18,42 metros;
• Duas melhores marcas nacionais no lançamento do dardo para Iniciados. Em masculinos, João Fernandes chegou aos 63,31 metros e em femininos Inês Custódio superou o seu recorde, colocando o agora nos 44 metros. Ambos aproveitaram bem a ultima prova da época.
• Apenas uma jornada (habitualmente são 4 jornadas);
• 3 equipas de juízes, que são sempre fundamentais e que nestes tempos de pandemia têm sido espetaculares;
• utilização dos EDMs da Associação Distrital de Atletismo de Leiria;
• transmissão de video em directo para Facebook e Youtube
• Live Results
• sem a presença de publico, entradas controladas, cumprimento escrupuloso de todas as medidas de segurança para defesa da saúde de atletas, treinadores, juízes e voluntários.
• Participação do colombiano Maurício Ortega e do equatoriano Juan Caicedo, 1º e 2º no disco, que arremessaram a 64,97 e 61,79 metros, respetivamente e longe dos recordes pessoais e de Valeria Chiliquinga, 1ª no martelo a 64,21 metros.
José Henriques e Carlos Carmino – Direção Técnica da ADAL